• Polícia 09/01/19 | 11:16:33
  • Número de prisões em flagrante aumentou, mas diminuiu o índice de crimes
  • Dados foram apontados no balanço apresentado pela Polícia Militar
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Caçanjurê
  • Foto: Ilustração

O 15º Batalhão de Polícia Militar de Caçador apresentou nesta terça-feira, 8, o balanço das atividades desenvolvidas em 2018. De acordo com os dados, foram atendidas 10.598 ocorrências, o que corresponde a uma média de 29 atendimentos por dia.

Durante o ano, os policiais efetuou a prisão em flagrante delito de 880 pessoas, 18% a mais que em 2017. Do total, foram 26 prisões por tráfico de drogas e ainda cumpriu 75 mandados de prisão. Ocorreram também 34 apreensões de armas de fogo.

Quanto aos crimes de furto e roubo houve uma diminuição de 29% e 34,5%, respectivamente. Ainda houve a diminuição de 36,5% do crime de violência doméstica.

Já com o foco na prevenção, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) foi aplicado a 1.089 crianças, que assumiram o compromisso de dizer "não às drogas".

O comandante do 15º BPM, tenente-coronel Renato Leandro de Medeiros, comenta que a intensificação das operações e abordagens policiais reflete diretamente na redução dos indicadores de criminalidade, pois inibem a prática de crimes e desencorajam criminosos e consequentemente aumentam a percepção de segurança da comunidade.

"Conclamamos a população caçadorense para auxiliar a Polícia Militar ainda mais neste ano de 2019 com informações que possam levar à identificação dos autores de crimes, ligando para o 190. Todo esse resultado é fruto do empenho e da dedicação dos policiais militares que trabalham 24 horas por dia, 365 dias por ano de forma incessante na preservação da ordem pública", finaliza o comandante.

comentários