• Geral 14/01/19 | 16:46:11
  • Detento foragido havia recebido o benefício de trabalho há uma semana
  • Sidnei Alves Ribeiro escapou no dia 11 e ainda não foi localizado
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Jornalismo Rádio Caçanjurê
  • Foto: Divulgação/Polícia Militar

O detento Sidnei Alves Ribeiro, de 26 anos, que escapou na manhã de sexta-feira, 11, havia recebido o benefício de trabalho uma semana antes da fuga. A informação foi repassada pela gerente da empresa, Marili Seidel Boiko. O apenado ainda não foi localizado pela Polícia Militar.

"Ele ficou muito quieto nesse período que esteve trabalhando na fábrica e às vezes esse é o perigo. Ele não foi o primeiro que tinha esse comportamento reservado que fugiu", afirmou a gerente em entrevista à reportagem da Rádio Caçanjurê.

Segundo informações, Sidnei aproveitou o momento em que um caminhão deixava a empresa anexa ao Presídio para escapar. Ele fugiu sentido ao loteamento João Maria. A Polícia Militar fez buscas, mas não logrou êxito na captura.

Sidnei tem passagens por roubos e responde pelo crime de homicídio, ocorrido em Timbó Grande. Ele estava no regime semiaberto. A polícia informou que Sidnei residia em Timbó Grande antes de ser preso.

Qualquer informação deve ser repassada à Polícia Militar, através do 190.

comentários